Sigam o blog

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Quem eu sou?


Quem eu sou?

O que é sorrir?
O que é chorar?
O que é Amar?
Todas essas perguntas apenas serão respondidas quando te encontrar
O ar que me faz respirar
A história que me faz rir
As lágrimas que caem de meus olhos
O meu coração, que há muito esqueceu de trabalhar
Perdeu-se nas entranhas
Esperando por algo
Algo que o faça
Novamente bater
Novamente ganhar a vida
E bombear não apenas sangue
Mas também minha alma
Para cada parte de mim
Uma vez que ela se encontra perdida
E, conseqüentemente também me perco neste oceano


O meio de me salvar se encontra longe
Se encontra em você


E as vagas me engolem
Mal consigo ver por sobre as espuma do mar
Será este meu fim?
Ver na brancura e na negridão meu fim?
Ser levado às profundezas do oceano
Ser guardado junto aos seus inúmeros tesouros?
Nunca mais ver o brilho da lua...
Sentir o calor do sol...
O macio toque da relva


Deitar-me ao seu lado
Sob o brilho das estrelas
Olhar em seus olhos


Seus olhos são meu oceano e quero me perder neles
Mesmo que a morte a me espere
Vale à pena
Vale à pena morrer por ti
Por que sem tua presença quem sou eu?
Quem sou eu neste mundo?
Apenas um viajante
Um ser que vagará eternamente em busca de algo sem nunca encontrar
Me permita...
Permita que...
Juntos possamos encontrar uma razão
Uma razão para nossos corpos
Uma razão para nossa existência
Tão vaga e fluida


De todo medo que me toma
O mais forte é o de perder você
Como poderei te seguir?
Como poderei te seguir ao mundo dos eternos?
Fique comigo
Não me deixe
Venha aos meus braços
No doce embalo do oceano da vida
Que ele nos leve a enseada da morte
Mas que prossigamos juntos
E mesmo sob o julgo das ondas
Ainda resistiremos
Na esperança de podermos viver
o que não podemos viver
De nos tocar pela eternidade
E perecermos nesta imensidão
Incorporados aos seus mistérios
 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim, por favor deixe a sua opinião aqui.
Eu peço apenas que não utilizem palavras de baixo calão ou xingamentos, não modero os comentários, porém caso sejam apenas de ofensas serão excluídos, críticas serão sempre bem vindas.
Desde já muito obrigado,
Pallas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe seu comentário pelo Facebook