Sigam o blog

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Ao seu lado

Ao Seu  Lado
Quando as lágrimas do medo me tomam
Sei que estará ao meu lado
Quando o brilho das estrelas deixar de fulgurar no céu
Sei que poderei encontrar luz em teu sorriso
Quando o véu da realidade se rasgar
Tu podes me mostrar o que há por trás da realidade
Quando me perco de meu caminho
Estás sempre ao meu lado
Para virar meu rosto
Tocar minha face
E dizer-me:
“Confio em você”
Quando os cristais da dor se formam em meus olhos
Vejo que os teus brilham
Brilham com o brilho das mais belas estrelas
Não perdidas no tempo
Mas as que nascem da poeira
E se tornam Senhoras do céu
Quando meu coração pára
Tu és a eletricidade
A força que o faz bater
Que me lembra
Que apenas crescemos,
Quando aprendemos a cair e a nos machucar
Que os sonhos são reais
Basta que os tiremos de seus reinos
Quando me prosto pelo medo do que virá
Tu me mostras o que somos
O quanto somos pequenos
E é essa pequenez
Que nos torna grandes
Que nos torna capazes
Que somos mais do que sonhamos ser
E menos do viremos a ser
Por isso
Caminho ao teu lado
E prossigo com meus passos hesitantes
Para te acompanhar
E fazer por você
Ao menos um ínfima parte do que fazes por mim
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim, por favor deixe a sua opinião aqui.
Eu peço apenas que não utilizem palavras de baixo calão ou xingamentos, não modero os comentários, porém caso sejam apenas de ofensas serão excluídos, críticas serão sempre bem vindas.
Desde já muito obrigado,
Pallas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe seu comentário pelo Facebook