Sigam o blog

quarta-feira, 18 de abril de 2012

A importância de contar histórias


Uma história de
Bardo
Nos dias de hoje somos bombardeados por inúmeras histórias que a cada dia se tornam mais e mais reais. Não ouvimos mais o estalar da língua dos bardos, os contadores de história, porém, em compensação temos os filmes e os livros.
 Já pensaram no que era a vida há tantos anos atrás quando ler era um privilégio que nem mesmo os reis possuíam? E o cinema nem mesmo sonhava em existir, o mais perto dele eram os sonhos, provavelmente os pesadelos, se é que as pessoas podiam se dar a esse luxo.
Naqueles tempos idos as noites eram muito especiais, especialmente em festivais importantes, como o da colheita. Era o momento das pessoas se sentarem, deixarem suas mentes vagarem por lugares ao qual nunca chegariam, presos na terra, seja pelas correntes da escravidão, seja pelo medo, pela ligação com a própria terra e Senhor feudal que a detinha, como se fossem parte da propriedade.
Se formos abordar diversos níveis de tempo, desde os feudais, com seus senhores de terra, a conhecida Idade das Trevas onde a luz do conhecimento permanecia apagada, voltando mais e mais, aos tempos de Roma, com seu Coliseu torturando pessoas para divertimento de outras, para a Grécia dos deuses, das encenações e da filosofia, navegando pelas águas do Nilo, serpenteando sobre as areias dos faraós nos movendo pelas mais diversas culturas do mundo sempre encontraremos os contadores de histórias.
Para você, hoje em dia com o computador, redes sociais, televisão, cinema, revistas, jornais, livros, parece uma profissão, no mínimo dispensável, contudo retire de você todos esses luxos e veja como você reagirá perante um mundo que exige tanto de você e você não pode em momento algum fugir dele, mergulhar por outras terras, viver outras vidas, sentir outros sentimentos... Consegue imaginar?
A importância de uma história vai além do que possamos imaginar. Nossa vida é composta delas, e não apenas as histórias que você aprende na escola, nas tão entediantes aulas de História. Aqueles causos dos avós, tios, primos, o que aconteceu com você a algum tempo e está passando a outra pessoa...
Superficialmente falando você já pode perceber o quão elas são essenciais. Porém os exemplos dados acima, são, de certa forma, de um iniciante, de um leigo. O verdadeiro bardo, contador de histórias, é aquele que através das palavras, dos sons, dos gestos, transmite aquela realidade as pessoas que estão ouvindo, faz com que elas acreditem em seus contos, lendas, mitos, fábulas, torna-as reais com a própria realidade.
Quer um exemplo maior que quando se está no campo, em uma noite estrelada, em volta de uma fogueira e começam a contar os contos de terror que supostamente ocorreram, e mesmo que você nunca tenha ido ao campo ou estado de frente com uma fogueira, então pense quando estavam você e sua família, seus amigos e de repente a luz apaga e todos se sentam em volta de uma vela e alguém decide contar uma história...
Não importa se elas são reais ou fictícias, importa é o mistério, o romance, a paixão daquele que conta, que enlaça o outro em sua teia de palavra, que envolve a presa nas armadilhas das frases, dos trechos e aos poucos tem uma presa suculenta ansiosa por mais histórias. Tudo nos levando a uma proximidade sem fim, a um calor humano que as poucos vêm se perdendo.
Realmente, estar numa sala de cinema, é mais impactante, ver, ouvir, e, atualmente com a tecnologia, até mesmo sentir, a história, o enredo, os personagens. Mas ainda sim não substitui a imaginação, essa proximidade que apenas uma história contada diretamente pode proporcionar.
Reflita um pouco nestes pequenos momentos, com seus amigos, colegas, familiares, ou mesmo os estranhos, aqueles singelos momentos em que vocês podem contar ou ouvir uma história. Vale à pena parar para ouvir, mesmo que por um instante.
Despeço-me agora de vocês e também agradeço por pararem e ouvirem minhas palavras, realmente muito obrigado.
Sei que não posso me comparar a um bardo, mas também conto histórias e declamo em mim as poesias, compartilho com vocês, dêem uma olhadinha nas páginas das Poesias e também dos contos, os Contos Eternos, de meu blog. Excelente leitura e realmente obrigado por visitar meu singelo blog.
Pallas
E antes de ir totalmente, como a música é uma das maiores formas de nos conduzir a estes mundos de histórias deixo com vocês duas delas que são belíssimas, vale a pena conferir:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim, por favor deixe a sua opinião aqui.
Eu peço apenas que não utilizem palavras de baixo calão ou xingamentos, não modero os comentários, porém caso sejam apenas de ofensas serão excluídos, críticas serão sempre bem vindas.
Desde já muito obrigado,
Pallas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe seu comentário pelo Facebook